Importância das ferrovias na logística nacional

As ferrovias configuram um papel muito importante na logística de diversos países, o transporte de carga realizado através delas, possui dentre várias vantagens o baixo custo do frete e de manutenção se comparado a outros modais. Outra vantagem é a inexistência de pedágios, o menor índice de roubos e de ocorrência de acidentes e a capacidade de transportar grandes quantidades a longas distâncias.

No entanto, o Brasil sofre com o déficit nesse modal, sendo o transporte realizado através de caminhões nas rodovias muito mais praticado em nosso país. A falta de interesse do setor público fez com que os investimentos e incentivos para construção e manutenção dos trilhos ficasse estagnado. Atualmente, a malha ferroviária brasileira possui cerca de 26.000 km, porém, nem todo percurso possui bom estado de conservação para operação.

Programa Pro Trilhos

No início desse mês de setembro, o Governo Federal anunciou a criação Programa de Autorizações Ferroviárias, o Pro Trilhos, cuja função é alavancar a concessão de autorizações ferroviárias no país. Requerimentos para a autorização da construção de 10 trechos de ferrovias já foram assinados, somando 3,3 mil quilômetros de novos trilhos e R$ 53,5 bilhões de investimentos, esses novos trilhos passarão pelos estados do Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí e São Paulo, como você pode ver no mapa abaixo, que foi retirado do site oficial do Governo:

O novo programa já chamou a atenção de diversas empresas privadas que possuem interesse em investir no setor para ganharem mais competitividade no mercado, aumentando seus lucros. A falta de investimento durante anos no setor, já acarreta diversos problemas para o Brasil, que atinge a economia dificultando o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a diminuição da capacidade de atender o mercado internacional e a perda de credibilidade de investidores estrangeiros.

Quais as principais ferrovias brasileiras da atualidade?

1) Ferrovia Nova Transnordestina: ainda em desenvolvimento, ela fará a ligação entre o porto de Pecém (Ceará) e o porto de Suape (Pernambuco), passando pelo cerrado do estado do Piauí. Considerando toda a sua extensão, a linha férrea terá 1.728 km de trilhos cortando o nordeste brasileiro.

2) Ferrovia Norte-Sul: também em construção, possui apenas 1200 km do projeto final de 4155 km, essa ferrovia ligará o o estado do Pará a região Sul, mais precisamente Rio Grande do Sul, conectando os extremos do país interligando o Pará, Maranhão, Tocantins, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

3) Estrada de Ferro Vitória a Minas: construída no final do século passado, a estrada de ferro liga a capital capixaba à Belo Horizonte, sua construção teve como objetivo o transporte de passageiros, o escoamento da produção de café e o transporte do minério de ferro extraído em Minas Gerais para portos do Espírito Santo.

4) Malha Regional Sudeste (MRS): a ferrovia da empresa conecta os 3 estados que concentram quase metade do PIB brasileiro: Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Através dessa via é escoado cerca de 20% de tudo que é exportado no Brasil.

Quais países possuem as maiores malhas ferroviárias do mundo?

Os Estados Unidos ocupam o topo do ranking no quesito extensão da malha ferroviária. Com quase 300.000 km de extensão, o país consegue conectar os principais centros econômicos e industriais através do transporte ferroviário, facilitando o escoamento de sua produção no mercado interno e interligando com portos e aeroportos para embarques internacionais.

Em segundo lugar, vem a segunda maior economia do mundo, a China que conta com cerca de 127.000 km de vias férreas. Em seguida, a Rússia aparece com 87157 km, o Canadá com 77.932 km, a Índia, cuja extensão atinge quase 70.000 km, a Alemanha com 43.468 km e a Austrália, 36.968 km.

Artigo escrito por : Iara Neme

Graduanda em Relações Internacionais e Comércio Exterior é produtora de conteúdo da página ComexLand, possui experiência de mercado na área comercial, de logística e importação.

Achou esse conteúdo interessante? Deixe um comentário em nossas redes sociais e compartilhe para chegar em mais profissionais da área.

Nos siga em nossas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *